Inauguração de galeria de fotos preserva e valoriza a história da Corregedoria-Geral do MP

Inauguração de galeria de fotos preserva e valoriza a história da Corregedoria-Geral do MP

texto do MP-GO

A preservação da memória e a valorização da história da instituição são, de acordo com o corregedor-geral do Ministério Público de Goiás (MP-GO), Sergio Abinagem Serrano, os principais propósitos da Galeria de Corregedores-Gerais, que foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (6/11) no edifício-sede do MP, em homenagem aos que exerceram a chefia da Corregedoria-Geral do MP (CGMP) ao longo de seus 55 anos de existência. Segundo ele, a solenidade representava um momento histórico para o MP-GO e para a CGMP, por fazer o resgate do trabalho de pessoas que se dedicaram a construir a instituição.

Ele fez um balanço do trabalho realizado nos últimos anos, que promoveu um avanço nas inspeções, atos correcionais e avaliação da atuação dos membros e integrantes do MP-GO, com a utilização de novas ferramentas de informática. Ressaltou ainda a realização de cursos de orientação, da regionalização e das correições virtuais, ocorridas desde o início da pandemia do novo coronavírus. “Esta data é histórica para a Corregedoria-Geral, para o Ministério Público de Goiás e para todos os que contribuíram para chegarmos ao que somos hoje”, afirmou.

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi, falou em nome dos ex-corregedores-gerais e do trabalho desenvolvido em prol da instituição. Segundo ele, a CGMP dá segurança para o promotor de Justiça atuar, proporcionando orientação e garantindo a regularidade, produtividade e efetividade do desempenho da função. 

Para Vechi, a galeria estava “tornando perene a memória da instituição”. Segundo ele, é natural do ser humano olhar para frente e se esquecer do que ficou para trás. “Se hoje estamos aqui, não é graças ao que fazemos hoje apenas, mas a tudo aquilo que foi construído, cada um no seu momento. Uma obra que não se completa, o MP jamais será completo, porque nós temos que caminhar junto à sociedade. Fazer com que o MP avance no mesmo sentido e na mesma dinâmica da sociedade”, sublinhou.

Homenagem

Para o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO), desembargador Walter Carlos Lemes, o memorial ilustra as realizações da instituição, gravando para sempre os nomes dos que atuaram pela consolidação do MP. A procuradora-geral do Estado, Juliana Prudente, que representou o governador Ronaldo Caiado, disse que a galeria era uma justa homenagem àqueles que colaboraram com a construção da instituição.

A presidente do Conselho Nacional dos Corregedores-Gerais do Ministério Público, Tereza Cristina Maldonado Katurchi Exner, enalteceu o trabalho realizado pelas corregedorias-gerais no respeito aos valores e à ética profissional. O presidente da Associação Goiana do Ministério Público (AGMP), José Carlos Miranda Nery Júnior, lembrou que a função da galeria era resgatar a memória da instituição, que precisa ser forte e firme para garantir a atuação do MP.

A galeria presta homenagem aos corregedores-gerais que exerceram a chefia do órgão, com fotos em preto e branco de 28 homens e mulheres que, desde 1965, ajudaram a construir e consolidar o trabalho de orientação e inspeção da Corregedoria do MP goiano. Da solenidade participaram também ex-corregedores-gerais, familiares e representantes dos já falecidos. Algumas participações ocorreram por videoconferência. Também foi lançado, na ocasião, um livreto em formato digital com as fotos dos corregedores-gerais. O evento teve transmissão em tempo real, pelo canal no YouTube do MP-GO. (Texto: João Carlos de Faria/Fotos: João Sérgio – Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)


Voltar
Associação Goiana do Ministério Público
Rua T-29, esq. com a T-9, Setor Bueno
Cep: 74.215-050, Goiânia - Goiás.
Fone: (0xx62) 3285-6660
SAMP
Fone: (0xx62) 3274-3513
www.sampagmp.org.br