MP apoia Campanha da Fraternidade, que, em 2019, aborda o tema das políticas públicas

MP apoia Campanha da Fraternidade, que, em 2019, aborda o tema das políticas públicas

O Ministério Público de Goiás foi convidado a participar da Campanha da Fraternidade 2019, cujo tema é “Fraternidade e Políticas Públicas. A iniciativa, de acordo com a Arquidiocese de Goiânia, tem o objetivo de despertar a solidariedade dos cristãos e da sociedade brasileira, chamando a atenção para um determinado problema que envolve a todos.

A campanha tem início com a Quarta-Feira de Cinzas e se estende pelo período da Quaresma, e, neste ano, “busca estimular a participação dos cristãos no campo das políticas públicas, à luz da Palavra de Deus e da Doutrina Social da Igreja”, afirma o arcebispo dom Washington Cruz. Com o lema “Serão Libertos pelo Direito e pela Justiça”, a campanha traz o testemunho de agentes públicos relatando como a fé interfere em sua atuação.

Visando apoiar a divulgação, o procurador-geral de Justiça, Benedito Torres Neto, convidou alguns promotores de Justiça para que participassem da gravação de vídeos, no qual eles esclarecem um pouco de como a atuação do Ministério Público pode contribuir para a efetivação de políticas públicas. Confira os vídeos gravados com os promotores de Justiça Érico de Pina (clique aqui ) e Fabiana Zamalloa (clique aqui ). 

Além disso, a promotora Suelena Carneiro Caetano Fernandes Jayme, da 18ª Promotoria de Justiça de Aparecida de Goiânia, foi convidada para participar de uma série de reuniões de formação com lideranças católicas, realizadas previamente ao lançamento da campanha. Em sua fala, ela esclareceu a parte jurídica relativa às políticas públicas, especificamente quanto à atuação do Ministério Público. 

A promotora, que integra a União dos Juristas Católicos da Arquidiocese de Goiânia (Unijuc), esteve ainda presente no lançamento da campanha, feita na manhã desta quarta-feira (6/3) pelo arcebispo metropolitano. Conforme ponderou, esta iniciativa traz um resgate da retomada de importantes mecanismos de controle e participação social, como a audiência pública. “Os coordenadores de pastorais, movimentos e grupos de oração são lideranças que têm grande capacidade de mobilização social”, afirmou.

Lançamento 

No lançamento nacional da campanha, promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, em Brasília, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, discursou esclarecendo que o tema deste ano costura os princípios da fraternidade e solidariedade com os primeiros artigos da Constituição, os quais visam construir uma sociedade justa e igualitária “A Constituição também clama a sociedade a ser fraterna e sem preconceitos em respeito à pessoa humana”, afirmou. 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MP-GO, com informações da CNBB - Fotos: Arquidiocese de Goiânia

Voltar
Associação Goiana do Ministério Público
Rua T-29, esq. com a T-9, Setor Bueno
Cep: 74.215-050, Goiânia - Goiás.
Fone: (0xx62) 3285-6660
SAMP
Fone: (0xx62) 3274-3513
www.sampagmp.org.br