MP pede que prefeitura suspenda repasse de verbas à Associação Atlética de Luziânia

O Ministério Público de Goiás (MPGO) recomendou, nesta segunda-feira, 8, que o prefeito de Luziânia, Cristóvão Tormin (PSD), suspenda os repasses de verbas públicas à Associação Atlética de Luziânia e também que não celebre novos convênios. Segundo o MPGO, o clube foi beneficiado com R$ 2,6 milhões de 2013 a 2018, por meio de convênios que não geraram benefícios à população.

Leia mais em Jornal Opção de 8/4/2019. 


Voltar
Associação Goiana do Ministério Público
Rua T-29, esq. com a T-9, Setor Bueno
Cep: 74.215-050, Goiânia - Goiás.
Fone: (0xx62) 3285-6660
SAMP
Fone: (0xx62) 3274-3513
www.sampagmp.org.br